22/9/2019 10:21

[COMENTE] Está na hora de Fábio Carille largar a filosofia da retranca?

(Thiago Ribeiro/AGIF)



É inegável que o Corinthians ganhou muito com seu estilo de jogo defensivo. Treinado por Mano Menezes, Tite e Fábio Carille, o clube encantou poucas vezes, mas foi o maior vencedor do país desde 2009, com 12 títulos diferentes. Mas tudo tem começo, meio e fim. E, na minha opinião, chegou a hora de buscar uma nova filosofia de jogo.



Aos poucos, com o sucesso de treinadores que gostam de atuar de forma ofensiva como Jorge Jesus, Jorge Sampaoli e Tiago Nunes, o torcedor dos outros times tem demonstrado cada vez menos paciência com a retranca, que só é tolerada em caso de título. Caso de Mano Menezes no Cruzeiro, com as taças da Copa do Brasil. Mas bastou pouco mais de meia temporada sem títulos para que Mano caísse.

Agora, os olhos do torcedor se voltaram para Carille, que já ganhou um título em 2019: o Paulista, pela terceira vez consecutiva. Mas a falta de repertório ofensivo de seu time chega a espantar, como mostraram as últimas partidas. Diante do Independiente Del Valle, quase nenhuma jogada combinada. Assim como foi contra Ceará, Avaí, Fluminense...

As triangulações no campo de ataque são cada vez menos comuns. Infiltrações do homem surpresa, como Junior Urso, viraram coisa rara. A clara impressão que eu tenho é de que se treina muito pouco o que o Corinthians fará quando tiver a bola. Ou treina de maneira errada, gerando nenhuma confiança nos jogadores.

E ninguém me convencerá de que o Athletico Paranaense tem um elenco melhor do que o Corinthians! Mas o campeão da Copa do Brasil apresenta enorme repertório ofensivo. Na velocidade de Rony, a chegada de Léo Cittadini pelo meio, os avanços seguidos de bom passe de Nikão pelo lado, as ultrapassagens dos laterais...

Perdendo o vestiário? Eu não mandaria Carille embora neste momento, a dois meses e meio do fim dos campeonatos. Mas agradeceria os serviços prestados e o liberaria do contrato para pensar em um novo comandante, com outro estilo de trabalho, para janeiro de 2020.

E tal decisão também passa pelo que se ouviu no vestiário da arena em Itaquera, nesta quarta-feira. Carille se eximiu de culpa pela péssima atuação do Corinthians na derrota por 2 a 0 para o Del Valle. Pior: apontou o dedo para Mateus Vital e Pedrinho, afirmando que eles sentiram o peso do jogo por causa da idade.

Minutos mais tarde, o próprio Vital, perguntado na saída do estádio, negou ter sentido qualquer pressão. E uma das regras veladas mais importantes do futebol para os treinadores é não apontar culpados de forma pública, sob o risco de perder o respeito de todo o grupo.



Carille surgiu como uma das melhores alternativas da nova geração de treinadores. Ele encontrou soluções no elenco quando poucos viam e conquistou títulos mesmo tendo times piores que os dos rivais. Mas precisava dar um salto: deixar de ser apenas um ótimo montador de defesas. E isso definitivamente não aconteceu desde seu retorno da Arábia Saudita, em janeiro.

E eu não tenho certeza de que um dia acontecerá.





Corinthians, Fábio Carille, filosofia, retranca



LEIA TAMBÉM:Marcelinho Carioca, Amaral e Vampeta reunidos em live beneficente, confira

LEIA TAMBÉM:Corinthians conquista seis títulos no Automobilismo Virtual

LEIA TAMBÉM: Novo manto aprovado? Torcedores se dividem nas redes sobre uniforme do Timão para a temporada


JÔ PODE VOLTAR FINAL DO ANO, DUÍLIO RESPONDE SOBRE ROGER GUEDES E KENO, BRIGA: JADSON X TIAGO NUNES

1245 visitas - Fonte: blog do Jorge Nicola

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Sônia Maria     

Carille é o treinador perfeito para o Corinthians!! Se as coisas não estão dabdo certo, a culpa não é dele, e sim da diretoria que não contrata jogadores melhores!

Si for a libertadores ano q vem , com esse time passa vergonha, fazer desmontagem urgência começando com o treinador, precisa de um técnico de alto nível

Ganhou pk foi obrigado com gol de vídeo sem motivação, vc escapou dessa covarde

Pode até dar certo, mas é muito feio jogar na retranca!

Se ele tivesse um time raçudo, estava!

Carlos Parafuso     

A hora em que esta página nos informar que manda nossas opiniões boas e ruins para o time então eu me manifesto, só acho que se for só vai as boas..

Robert Da Silva     

Carille poem o Pedrinho no meio como um amardo que vc vai te mas jogada o cleysonuma ponta e outro na outra e love fixo na area ele sabe trabalha bem ali na area incomodando os zagueiros vai dar resultado blz

Queremos mais raça

Pave Maxi     

0 nosso problema é que não temos bons meias nem para fazer está transição do meio para o ataque ninguém repara nisso e mais a maioria dos outrs times aprenderam a se defender copiando o Timão ,a diferença São os meias

Paulo Silva     

Corinthians jogando com Janderson e Everaldo pelas pontas ,Pedrinho e Matheus Vital pelo meio se torna um time mais rápido!

Esdra Machado     

VAMOS ESPERAR O JOGO DE VOLTA DA SULA.SE DER ERRADO O CARRILE VAI TA FORA.

Sim, está. Nao só o Carille, principalmente o Corinthians. A única característica que jamais podemos perder é a raça dentro de campo.

Tem que jogar como time grande

Randal Zahary     

Estou satisfeito com seu trabalho,ele sabe as dificuldades!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians
Corinthians
1 1
Ituano
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota