13/8/2020 12:33

Não assistiu ao jogo? Leia aqui o resumo e a ficha técnica da partida entre Atlético Mineiro e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro

O Corinthians estreou no Campeonato Brasileiro da Série A 2020 na noite desta quarta-feira. Após ter a rodada do final de semana adiada, o Alvinegro foi ao estádio do Mineirão enfrentar o Atlético-MG em partida válida pela segunda rodada do torneio. O time começou bem e abriu o placar na primeira etapa, mas levou a virada e foi derrotado por 3 a 2. Jô e Araos marcaram os gols corinthianos.



O técnico Tiago Nunes mandou a campo uma equipe diferente da que iniciou a última partida. O onze inicial foi: Cássio (capitão); Michel, Bruno Méndez, Danilo Avelar e Sidcley; Gabriel, Éderson; Ramiro, Araos, Mateus Vital; Jô. Estiveram à disposição no banco de reservas: Walter; Lucas Piton, Luan, Camacho, Cantillo, Janderson, Matheus Davó, Everaldo, Gabriel Pereira e Xavier.

Homenagem

Antes da partida, o goleiro Cássio recebeu uma homenagem pela marca de 470 partidas com a camisa alvinegra, que completa justamente ao entrar em campo no Mineirão na noite de hoje. O capitão alvinegro se tornou isoladamente o 10º atleta com mais jogos na história do clube, superando o ídolo Idário, que atuou no Coringão entre os anos 1940 e 1950 e chegou a entrar em campo 469 vezes.

Bola em jogo

A partida começou com um ritmo bastante rápido e muitas trocas de bola no meio-campo. O primeiro a trabalhar foi justamente o homenageado do dia, Cássio, que fez duas defesas em lances de ataque pela esquerda: na primeira, Marrony foi lançado em velocidade e o Gigante precisou sair nos pés do rival; dois minutos depois, Arana chutou rasteiro da entrada da área, mas sem sustos para o camisa 12.

Aos dez minutos o Timão respondeu em sua primeira chance clara de gol. Mateus Vital foi lançado em velocidade na direita e cruzou à meia-altura. A bola quicou no chão e subiu, e Ramiro pegou de primeira, mas mandou alto demais. Mas o Coringão estava esperto e, um minuto depois, saiu o gol alvinegro! Na intermediária pelo lado esquerdo, Sidcley pressionou o atleticano Guga, que recuou fraco demais para o goleiro. O camisa 16 do Timão correu, ultrapassou o adversário e serviu Araos na entrada da área. O chileno dominou e rapidamente cruzou na área para Jô, que, em velocidade, pulou de peixinho e cabeceou, abrindo o placar.

Aos 24 minutos, brilhou novamente a estrela de Cássio. Em jogada rápida pela esquerda, Nathan cruzou na área para Franco, que chutou. O goleirão pulou para espalmar de mão trocada e fez uma linda defesa, mandando sobre o gol. Lance digno da sua história de 470 jogos com a camisa alvinegra!

Apesar da chance para o adversário, o Timão estava seguro no jogo. Tanto que, aos 29 minutos, chegou ao segundo gol. Mateus Vital puxou ataque com liberdade pela direita e lançou Jô na área. O Filho do Terrão deu um passe de letra para Araos, que chegou em velocidade e chutou cruzado, estufando a rede adversária.

Após marcar o segundo gol, o Timão controlou o ritmo do jogo quando teve a posse de bola e se segurou na defesa. Assim, a partida transcorreu nos minutos finais do primeiro tempo. O árbitro assinalou dois minutos de acréscimo, e aos 45 Mateus Vital quase surpreendeu novamente a zaga adversária: em um recuo para a zaga, ele correu e dividiu com Junior Alonso, mas o zagueiro conseguiu afastar. Foi o último momento de perigo antes do intervalo.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o segundo tempo sem alterações, e com a bola em jogo, o ritmo era o mesmo da primeira etapa. Logo no primeiro minuto, Cássio fez grande defesa: Marrony cruzou da esquerda e Hyoran chegou chutando, e o camisa 12 espalmou para longe da área.

Aos cinco, veio a resposta do Timão: Ramiro foi lançado na esquerda e cruzou na área. Jô e Mateus Vital tentaram chutar ao mesmo tempo e acabaram se enrolando, e ambos furaram. E no minuto seguinte, o Atlético-MG diminuiu. Em cruzamento na área, Hyoran recebeu e chutou cruzado; Cássio pulou, até tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

A equipe corinthiana tentou se reestruturar, mas acabou sofrendo o gol de empate. Aos 10 minutos, Savarino chutou cruzado e Cássio espalmou, e na sobra Hyoran completou para o gol. E cinco minutos depois, o Timão ficou em desvantagem no placar. Nathan chutou da intermediária com efeito, e a bola bateu na trave e entrou.

Pouco depois de sofrer o terceiro gol, Tiago Nunes realizou três alterações. Aos 20 minutos, saíram Mateus Vital, Ramiro e Éderson e entraram Janderson, Cantillo e Gabriel Pereira – é a estreia do Filho do Terrão na equipe profissional, após disputar a Copinha deste ano. As mudanças fizeram o time corinthiano ter um pouco mais posse de bola. Depois, veio a quarta alteração no Corinthians: saiu Araos e entrou Ruan Oliveira – mais um a fazer seu primeiro jogo como profissional.

A partir dali, o jogo ficou disputado e sem muitas ocasiões de gol para as duas equipes. O Timão tentava sair pelas pontas, mas esbarrava no cansaço. Aos 44 minutos, o Alvinegro chegou a ter uma chance de gol. Em cruzamento na área, Ruan e o goleiro adversário Rafael dividiram pelo alto. Na sobra, Jô superou Junior Alonso e cabeceou, mas Réver afastou.

O árbitro deu sete minutos de acréscimo, e o Timão aumentou a pressão. Aos 50, em cobrança de escanteio na área Danilo Avelar cabeceou e Rafael fez grande defesa. Um minuto depois, cobrança na área e a zaga afastou. Na sobra, Cantillo pegou de primeira, mas a bola subiu demais. Foi o último lance da partida, que terminou com revés para o Corinthians.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 3 X 2 CORINTHIANS


Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 12 de agosto de 2020, quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Cartão amarelo: Gabriel (COR)

GOLS
Atlético-MG: Hyoran, aos 6 e aos 8, e Nathan, aos 15 minutos do 2T
Corinthians: Jô, aos 11, e Araos, aos 29 minutos do 1T

ATLÉTICO-MG: Rafael, Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Franco (Hyoran) e Nathan (Allan); Keno (Fábio Santos), Marrony (Mariano) e Marquinhos (savarino).
Técnico: Jorge Sampaoli

CORINTHIANS: Cássio, Michel, Bruno Méndez, Danilo Avelar e Sidcley; Gabriel, Éderson (Cantillo), Ramiro (Janderson), Mateus Vital (Gabriel Pereira) e Araos; Jô.
Técnico: Tiago Nunes

Veja os melhores lances do jogo:






Corinthians, Ficha Técnica, Resumo, Brasileirão, Atlético Mineiro, Timão





LEIA TAMBÉM:Cássio desabafa antes de vitória sobre o Bahia: Não devemos nada!

LEIA TAMBÉM:Andrés muda postura e faz quatro trocas de técnicos contra uma na 1ª gestão




576 visitas - Fonte: Tudotimao.com.br

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileirão

Qua - 21:30 - Ilha do Retiro - Recife - Globo
Sport
Corinthians

Último jogo - Brasileirão

Qua - 21:30 - Neo Química Arena
Corinthians
Bahia
Untitled Document
Classificação
1 Internacional
2 Atletico-MG
3 São Paulo
4 Vasco DA Gama
5 Flamengo
6 Palmeiras
7 Santos
8 Fluminense
9 Ceará
10 Fortaleza EC
11 Corinthians
12 Atletico Goianiense
13 Grêmio
14 Atletico Paranaense
15 Sport Recife
16 Bahia
17 Botafogo
18 Goiás
19 Coritiba
20 Bragantino
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
20 10 6 2 2 15 6 9 VEEVD
18 9 6 0 3 14 9 5 DVVDV
18 10 5 3 2 13 11 2 VDVEE
17 9 5 2 2 15 9 6 DEVDV
17 10 5 2 3 13 13 0 VVVVD
17 9 4 5 0 13 8 5 EEVVE
15 10 4 3 3 14 12 2 DEVVE
14 10 4 2 4 12 13 -1 VEDDV
13 10 4 1 5 10 12 -2 VVDDV
12 10 3 3 4 10 9 1 VDDVE
12 10 3 3 4 15 16 -1 VEDDV
12 9 3 3 3 9 11 -2 DEEVV
12 9 2 6 1 8 6 2 EDEVE
11 10 3 2 5 8 10 -2 DEDEV
11 10 3 2 5 10 13 -3 DVVDE
9 10 2 3 5 12 18 -6 DEDDD
9 9 1 6 2 9 11 -2 DEEED
8 8 2 2 4 11 13 -2 VDDEV
8 10 2 2 6 7 12 -5 VEDED
7 10 1 4 5 10 16 -6 DEDED
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota