10/6/2024 14:10

Presidente do Corinthians confiante diante de possível proibição de transferências.

Presidente do Corinthians confiante diante de possível proibição de transferências.

Félix Torres em ação pelo Corinthians Imagem: Leonardo Lima/AGIF O presidente do Corinthians falou sobre os imbróglios nos casos de Félix Torres, Rodrigo Garro e Matías Rojas. O que aconteceu Augusto Melo diz que não teme novo transfer ban: a punição da Fifa que impediria registro de novos jogadores. O Corinthians reconhece a dívida por Félix Torres, mas se vê tranquilo nos casos de Garro e Matías Rojas. A ideia do Timão é se manter "ileso" na Fifa para poder trazer reforços na reabertura da janela de transferências, em julho. Questão de dias ou horas para resolver [sobre Félix Torres]. Nossa situação financeira é complicada, fluxo de caixa difícil. Trabalhamos dia e noite por novas receitas. Nosso máster estará preenchido em pouco tempo. Chegam 10 contas por dia e escolhemos uma ou duas para pagar. Conversamos, pagamos no próximo mês. É difícil… Ao invés de ajudarem, prejudicam nosso fluxo. Garro está em contrato. Se trago, imposto é meu e pago. Se é de lá, que paguem. Está tudo em contrato. Pagamos o que nos ofereceram. O imposto é devido e eles que paguem. Não devemos nada. Do Rojas também, todos cuidam disso. É parte jurídica. Não nos preocupamos com isso Augusto Melo Entenda os casos Félix Torres : o Corinthians tem até o dia 20 para pagar mais de R$ 5,8 milhões da segunda parcela da compra de Félix Torres. O débito venceu no último dia 15 de maio e será acrescido de mora e juros. Se o valor não for transferido no prazo, o Santos Laguna (MEX) acionará a Fifa. Rodrigo Garro: o Corinthians foi acionado pelo Talleres (ARG) na Fifa, mas não reconhece qualquer dívida. Os argentinos querem que o Timão pague R$ 3,7 milhões de impostos e despesas operacionais. O clube paulista afirma que o contrato prevê que o Talleres arque com esses valores. Rojas: esse é o caso mais complexo. O paraguaio cobra mais de R$ 40 milhões na Fifa em um processo que deve ser julgado ainda neste mês. O meia alegou atraso de salário e pediu um valor de indenização que representa vencimentos, imagens e outras verbas até o fim do contrato, que seria em junho de 2027. A federação liberou o atleta para jogar no Inter Miami (EUA) enquanto julga o caso. Relacionadas Corinthians: Augusto Melo discute com repórter e reclama de 'intimação' Augusto Melo despista sobre saída de Carlos Miguel: ?nada até agora? Melo diz que Corinthians já tem propostas por novo patrocinador máster

Félix Torres em ação pelo Corinthians
Imagem: Leonardo Lima/AGIF


VEJA TAMBÉM
- Provável escalação do Corinthians para clássico contra o São Paulo no Brasileirão
- Antônio Oliveira perde apoio no Corinthians e Carille ganha espaço na equipe.
- Corinthinas tem interesse em jogador da Udinese









264 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena -
X
Corinthians
Sao Paulo

Brasileiro

Ter - 19:00 - Antônio Accioly
2 X 2
Atletico Goianiense
Corinthians
publicidade
publicidade
publicidade