2/3/2024 08:43

Rojas justifica rescisão unilateral do contrato com Corinthians.

Rojas rescinde contrato com Corinthians devido a dívida em direitos de imagem não quitada pela diretoria.

Rojas justifica rescisão unilateral do contrato com Corinthians.

Rojas, do Corinthians, durante jogo contra a Ponte Preta pelo Campeonato Paulista Imagem: MARCELLO ZAMBRANA/AGIF O meia Matías Rojas tem embasamento jurídico para rescindir de forma unitaleral seu contrato com o Corinthians . Esse é um dos possíveis cenários de uma "novela" que teve capítulo importante na última sexta-feira: ficou definido que jogador não vestirá mais a camisa do Timão. Para justificar sua decisão de não defender mais o Corinthians , Rojas alega que o clube deve a ele cerca de R$ 3,5 milhões, uma das parcelas da dívida de R$ 5 milhões em direitos de imagem. A dívida iniciou-se em 2023, na gestão de Duilio Monteiro Alves. Em janeiro, o presidente Augusto Melo fez um acordo de parcelamento, que não foi cumprido esse mês. Isso bastou para Rojas deixar de comparecer ao CT e pedir seu desligamento da agremiação.

No "mundo ideal", o Corinthians chega a um acordo de rescisão com o jogador. Reuniões entre os advogados do clube e do jogador devem acontecer nos próximos dias para que o desfecho caminhe nessa direção. Ainda não se sabe, porém, se essa será a vontade do atleta. Além disso, a reportagem da Gazeta Esportiva apurou que pessoas do clube enxergam com preocupação esse cenário, já que poderia abrir precedente para que outros atletas tomem a mesma decisão que Rojas e deixem a agremiação sem grandes empecilhos. Vários jogadores do atual elenco, além de outros que deixaram a equipe recentemente, também possuem valores de direito de imagem para receber.

Rojas, do Corinthians, durante jogo contra a Ponte Preta pelo Campeonato Paulista
Imagem: MARCELLO ZAMBRANA/AGIF

O ex-camisa 10 do Timão pode levar o caso à Fifa pois, segundo o regulamento da entidade, a rescisão contratual unilateral de um jogador pode acontecer quando é completado o segundo mês sem pagamento, seja de salário ou algum dinheiro relacionado ao contrato. Levando em conta o ano passado, o Corinthians deve cerca de cinco meses de direito de imagem. Rojas já entrou em contato com a entidade máxima do futebol no final de 2023 e notificou o Corinthians. Como o clube atrasou uma parcela do novo acordo, o meia tem embasamento para levar novamente o caso à Fifa e pedir sua rescisão.

A Gazeta Esportiva ouviu que, apesar da dívida existente, o ponto que mais incomodava Rojas era sua falta de oportunidades recentes no time titular. Aos 28 anos, o atleta mostrou preocupação com o decorrer da sua carreira, já que não vinha tendo a minutagem que esperava no Timão. Sem receber o que lhe era devido e sem atuar com a frequência que gostaria, o meia paraguaio optou por não prosseguir no Timão, o que não foi contestado pelo clube.

Para adquirir 80% dos direitos econômicos de Rojas, em julho de 2023, o Corinthians topou pagar US$ 1,8 milhão (cerca de R$ 8,6 milhões na cotação da época) entre luvas e comissões. O atleta estava sem contrato, após deixar o Racing. Pelo Corinthians, Rojas soma 30 jogos (15 como titular) e duas assistências. O atleta acumula 10 vitórias, nove empates e 11 derrotas no período.



VEJA TAMBÉM
- Diretoria da Gaviões questiona presidente Augusto Melo sobre patrocínio da VaideBet
- MULTA MILIONÁRIA! Corinthians é condenado a pagar multa a ex-atleta da equipe
- RETORNOS! Corinthians recebe reforços e divulga provável escalação para enfrentar o América-RN









11685 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena -
X
Corinthians
Botafogo

Sudamericana

Ter - 21:30 - Neo Química Arena
4 X 0
Corinthians
Argentinos JRS
publicidade
publicidade
publicidade