7/12/2019 16:58

Conheça Matheus Davó, possível novo reforço do Corinthians

Titular e camisa 10 do Bugre na Série B, atacante negocia transferência para o Timão

Atacante veloz, atrevido, que sabe fazer gol e é visto como a maior promessa da atual geração de garotos do Guarani. Este é Davó, camisa 10 e titular do Bugre na Série B do Campeonato Brasileiro e que desperta interesse do Corinthians para a próxima temporada.O jovem de 20 anos surgiu no cenário nacional em janeiro deste ano, ao brilhar no mata-mata da Copa São Paulo, e hoje é presença constante no time principal do Bugre.



LEIA TAMBÉM: Meio-campista deve deixar o Corinthians após o fim da temporada; confira

Davó foi o camisa 9 do Guarani na campanha rumo à semifinal da Copa São Paulo, a primeira desde o título alviverde, em 1994. Ele anotou seis gols na competição: um na goleada sobre o Boavista, quatro nos 5 a 0 sobre o Internacional e o último na derrota para o São Paulo, que se sagraria campeão. Foi contra o Inter, em 13 de janeiro, que o futebol brasileiro conheceu o garoto. Depois de contribuir consideravelmente para a eliminação do Inter, Davó contou que ganhou o apelido pela participação intensa da avó em sua carreira. Dona Helena era a responsável por levá-lo para jogos e treinos, o que o diferenciou de outros meninos que jogavam a seu lado.

Davó despertou atenção de vários clubes. Santos e Corinthians fizeram sondagens à diretoria do Guarani, que optou por renovar o contrato do garoto. Assim, o jovem assinou vínculo até 28 de março de 2022, com multa estipulada de R$ 8 milhões para o mercado nacional e US$ 20 milhões para o exterior. Apesar de tudo isso, o atacante não teve chances no Campeonato Paulista. Pelas regras do estadual, Davó precisaria ter mais de um ano de clube para constar na lista B, reservada aos jovens da base. Só que o atacante foi da Portuguesa para o Guarani em março de 2018, há menos de uma temporada completa. O Bugre não quis gastar uma vaga da lista A com o jogador.

Davó ganhou espaço a partir da terceira rodada da Série B, quando foi relacionado pela primeira vez para o banco de reservas. A estreia aconteceu três jogos depois, ao atuar 19 minutos na derrota por 2 a 1 para o Brasil de Pelotas, no Brinco de Ouro. Na partida seguinte, já atuou como titular, mas não evitou outra derrota, dessa vez por 1 a 0 para o Atlético-GO.O atacante começou a ser cada vez mais presente nas escalações do Guarani e anotou o primeiro gol como profissional em 29 de julho, no empate por 1 a 1 com o Sport, na Arena Pernambuco.



Curtiu a contratação de Matheus Davó para 2020?

LEIA TAMBÉM: Timão faz último treino do ano e encerra preparação para duelo contra o Fluminense

Corinthians, Davó, reforço, atacante




PALMEIRAS CAMPEÃO MUNDIAL? SÃO PAULO CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL? PALPITES PARA O ANO DE 2020

LEIA TAMBÉM: Andrés Sanchez diz que o Corinthians ‘nunca conversou com o Rony’ e garante: “Não tem nada”

LEIA TAMBÉM: COMENTE: O Corinthians fez certo em rescindir o contrato do ídolo Ralf?

LEIA TAMBÉM: Rizek analisa melhora alvinegra, mas acha improvável Corinthians disputar título brasileiro



2583 visitas - Fonte: tudotimao.com.br

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Mais uma contratação para favorecimento de empresarios, passa um tempo e fica sendo emprestado a times menores com o Corinthians pagando os salarios... Essa diretoria corruPTa está acabando com o time !!!!!

Duas vezes em que vi o Guarani jogar na série B, o Davó pouco apareceu. Achei um jogador medio.

Péssimo

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 19:00 - Estádio José Maria de Campos Maia - Premiere
Mirassol
Corinthians

Último jogo - Paulista

Qui - 21:30 - Arena Corinthians
Corinthians
4 1
Botafogo-SP
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota