2/6/2020 09:26

Arnaldo: "SP tenta replicar a Alemanha sem a pressa de outros Estados"

Enquanto em outros Estados já há clubes de futebol treinando, os quatro grandes clubes de São Paulo mantêm pacto com a Federação Paulista de Futebol para que o retorno seja em conjunto somente após a liberação dos órgãos competentes. Somado a isso, há um protocolo de segurança que inclui testes nos jogadores de todos os times em acordo e o confinamento em um período prévio aos jogos antes da retomada do futebol, paralisado desde março devido à pandemia do novo coronavírus.



No podcast Posse de Bola #35, o jornalista Arnaldo Ribeiro analisa a forma como os clubes estão comprometidos e afirma que o modelo adotado pelos paulistas pode ser semelhante ao que foi feito na Alemanha, primeira grande liga que voltou a ser disputada na Europa.

"Semana passada, fechou um convênio a federação com o Hospital Albert Einstein de permissão de testes de todos os jogadores dos 16 clubes envolvidos no Campeonato Paulista sendo testados por uma mesma instituição, o que está previsto no protocolo paulista de isolamento nos centros de treinamento respectivos. Não tem essa de sair para passear na praia de bicicleta, cada clube vai para o seu centro de treinamento e vai ficar lá mais de um mês internado, testando direto, essa é a condição", afirma Arnaldo.

"Todo mundo quando voltar, depois de dois meses de quarentena, em suas respectivas casas, vai para um centro de treinamento e vai ficar 'internado', isolado para poder voltar a jogar de uma forma segura, antes do tempo previsto, como foi feito na Alemanha, basicamente. São Paulo está tentando replicar o que foi feito na Alemanha sem a pressa de outros Estados. Talvez dê certo, porque para voltar a bola, sabe-se lá quando teremos as mínimas condições", completa o jornalista.

Arnaldo cita também que o único clube entre os 16 que disputam o Campeonato Paulista que pode quebrar o acordo é o Red Bull Bragantino, recém-promovido à primeira divisão e líder do Grupo D, o mesmo do Corinthians, antes da parada do futebol.

"Tem uma instituição internacional por trás e esse individualismo é que nos ferra, porque o Red Bull Bragantino, novo rico do futebol brasileiro, tem condição aqui de fazer a sua bolha e voltar sozinho, para jogar ele mesmo. No centro de treinamento, vai ficar jogando ele contra ele. E os caras vão para cima do Red Bull Bragantino. Se o Red Bull Bragantino quiser furar o pacto, os grandes vão", conclui Arnaldo.



Coronavírus, São Paulo, Clubes, Alemanha, Retorno, Futebol



LEIA TAMBÉM: Justiça analisa fraude e contratação de Matheus Davó pode ser anulada; entenda

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Você é a favor ou contra o retorno do Campeonato Paulista no dia 22 de julho?

LEIA TAMBÉM: Após novo atraso salarial, Timão conta com entendimento do elenco


534 visitas - Fonte: esporte.uol

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians
Corinthians
1 1
Ituano
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota