12/6/2024 11:52

Crise afeta elenco e diretor pede reforços ao Corinthians: "Não somos ricos

Crise afeta elenco e diretor pede reforços ao Corinthians:

António Oliveira deixou evidente que espera a chegada de reforços no Corinthians durante a abertura da próxima janela, a partir de julho. O técnico português citou as recentes saídas de jogadores do elenco como justificativa para a cobrança por novos atletas. O técnico português comentou como a crise fora de campo tem afetado jogadores e outros funcionários. António diz esperar que o clube consiga se estabilizar e proporcionar paz para que a sequência do trabalho e os resultados não afetem o elenco.

– Há uma exigência técnica e uma necessidade clara que a equipe tem. E eu, como treinador, quero ter 20 jogadores com capacidade para competir dentro da sua posição. Basicamente é ter dois jogadores por posição capazes de competir até dentro das competições, porque nós, o Corinthians, estamos em todas as competições e com objetivos dentro dela. Essa é que é a realidade.

– Independentemente de percebermos que a semana tem sido conturbada, mas dentro daquilo que é o nosso grupo, aí ninguém toca, ninguém mexe, independentemente nós sabermos o que nos passa ao lado. E o que nós queremos é um clube são, um clube estável, um clube onde existe a paz. Para nos transmitir também isso, essa segurança, essa estabilidade, para nós podermos desempenhar as nossas funções – disse António Oliveira.

António Oliveira em Atlético-GO x Corinthians — Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Crédito: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

António Oliveira desconversou sobre a possibilidade de perder Carlos Miguel nos próximos dias. O técnico preferiu deixar clara a necessidade de contratações e fazer uma cobrança indireta na direção do clube usando o bom humor. – É evidente que temos sofrido muitos revezes dentro daquilo que é o nosso elenco. Portanto, muitas saídas, muitas lesões. E nessa perspectiva vamos cada vez mais reduzindo aquilo que são as nossas opções. Existe uma necessidade clara de reforço da equipe, mas agora nós não podemos reforçar.

– Eu não sou o homem do dinheiro, portanto, tenho claro uma exigência técnica para reforçar aquilo que é a equipe. Eu não tenho dinheiro, portanto, isso aí, com certeza que é com a diretoria, que aqui está o Fabinho na representação. Com certeza já sabem as necessidades, as exigências, as responsabilidades e estamos a trabalhar nesse sentido para tornarmos um Corinthians cada vez mais forte – disse António.

O Corinthians monitora o mercado em busca de um goleiro para repor a provável saída de Carlos Miguel. Além disso, o clube tenta acordo com o Parma para finalizar a contratação de Hernani, meio-campista tido como prioridade para o setor na janela de transferências. A perda do patrocinador máster e o aumento das dívidas apontado no balanço do primeiro trimestre devem pesar para o Corinthians buscar reforçar o elenco. A ideia inicial é que entre três e seis jogadores sejam contratados.



VEJA TAMBÉM
- MANDOU RECADO! Cacá fala sobre críticas da imprensa na zona mista após o jogo
- INTENSIDADE! Cacá destaca espírito e intensidade do Corinthians na vitória contra o Criciúma
- ESTREOU COM VITÓRIA! Timão vence no primeiro jogo de Ramon Diaz no comando da equipe









282 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Ter - 21:00 - Neo Química Arena -
X
Corinthians
Criciuma

Brasileiro

Qua - 19:00 - São Januário
2 X 0
Vasco Da Gama
Corinthians
publicidade
publicidade
publicidade