2/7/2020 13:43

Ramiro e Michel Huff avaliam retorno do futebol após quarentena

Meia e preparador físico alvinegros concederam entrevista coletiva virtual após o treino da manhã desta quinta-feira (02)

O Corinthians realizou o seu segundo treino desde o retorno da quarentena na manhã desta quinta-feira (02). Após a movimentação, o meia Ramiro e o preparador físico Michel Huff participaram de uma entrevista coletiva virtual, a segunda desde o retorno do elenco ao CT Dr. Joaquim Grava – a primeira foi a de apresentação do atacante Jô, novo reforço do clube.



Ramiro, que estava no meio do processo de recuperação após a lesão no joelho que sofreu no começo do ano, viu seu retorno postergado em virtude da quarentena imposta pela pandemia do novo Coronavírus/Covid-19. Agora, ele crê que conseguirá estar plenamente recuperado com mais alguns dias.

“Vivemos uma situação diferente, o mundo todo, tivemos de nos adaptar, eu voltando de lesão, já estava numa transição para o trabalho com bola. Procurei na quarentena treinar, trabalhar a parte muscular para não perder, mas trabalho com bola era difícil de ser feito. Estou 95% pronto, agora os outros 5% são com o treino, passe, dividida de bola, o que mais me incomodava. Acho que até semana que vem, estarei 100% fisicamente e 100% recuperado da lesão também”

Já o preparador físico Michel Huff detalhou como está sendo o processo do time para retomar a forma física e técnica. Foram praticamente três meses de afastamento do CT, incluindo nestes 20 dias de férias – no restante do período, os atletas realizaram treinamentos individuais guiados pela comissão técnica, cada um em sua residência.

“A gente tem se preocupado primeiro em colocar os jogadores nas melhores condições para iniciarmos os trabalhos. Por enquanto não temos preocupação do que está acontecendo nos outros campeonatos, temos muita demanda no clube. É pensar internamente, ter cuidado com os nossos jogadores, e deixar esses assuntos com a direção e órgãos governamentais que estão controlando as liberações. Claro que pode ter diferença técnica e física, vai ter com certeza, mas é uma situação nova para todo mundo. O que a gente pode controlar é nosso trabalho, nosso treino, respeitar a individualidade de cada um e deixar os jogadores prontos”, argumentou.

O preparador físico alvinegro acredita que os prazos de recuperação física e técnica precisam ser respeitados, na medida do possível. Assim, acredita ser necessária uma conciliação entre todos os envolvidos no retorno da bola.

“Em relação a opiniões, aqui no clube a gente sempre foi ouvido. A direção leva nossas opiniões em conta para as definições do futebol brasileiro. Agora em relação a tempo de treino e quando os jogadores estariam prontos, a gente tem trabalhado de 25 a 30 dias, é o que a gente pensa ser ideal para reinício de jogos”, explicou.

Já Ramiro reconheceu ter vivido um momento atípico com a quarentena quando, além da recuperação da lesão, viveu o nascimento do seu filho.

“Confesso que para mim foi diferente viver esses 90 dias que fiquei em casa. Desde meus 11 anos, quando iniciei a carreira, não tinha 90 dias em casa. Fiquei em SP no primeiro mês e depois fui para a minha cidade, interior, natureza, um ar diferente. Curti minha família, vivi o que há tempos não vivia. Tive meu primeiro filho, foram dias especiais, vivendo uma nova fase da minha vida. É até difícil falar isso, mas procurei aproveitar a quarentena para o lado positivo. Tinha muita cosia ruim acontecendo, mas fiquei ao lado deles e consegui ainda treinar, consegui manter a forma física para voltar da melhor maneira possível”, comemorou.

O volante e meia alvinegro não esconde a ansiedade para poder voltar ao time. Ele vivia um bom momento em janeiro deste ano, tendo marcado dois gols e sendo titular no setor ofensivo, quando sofreu a lesão.

"Quero estar entre os 11, seja de volante ou aberto pela direita mais ofensivo. Meu objetivo é jogar e ajudar os companheiros, deixo aberto aos técnicos, para mim é indiferente. Cada treinador tem uma visão sobre cada atleta e ele utilizar onde acha que vai render mais. Estou à disposição", salientou Ramiro.

Ainda na coletiva virtual, Michel Huff comentou o retorno de Jô ao Timão – o atleta foi apresentado na semana passada para fazer a sua terceira passagem pelo clube. E explicou a integração de quatro atletas das categorias de base no primeiro treino, iniciada nesta semana.

"Jô é um jogador que desde o fechamento da negociação já teve acompanhamento da preparação física, nutrição e parte técnica. A gente enviou um programa para ele finalizar os treinos mesmo antes de se apresentar, cerca de dois dias. Chegou, faz trabalho especial para entrar na melhor fase para enfrentar essa carga que a gente tem de treino”, explicou. “A gente subiu jogadores da base, que ainda não retornou atividades, então a ideia é fazer jogo-treino dentro do próprio grupo. Teremos 29 jogadores de linha, a ideia é estimular o jogo com esses jogadores do grupo".

Michel detalhou a maneira como a comissão técnica tem lidado com o momento da quarentena no planejamento dos treinamentos. Em sua avaliação, o grupo está preparado para lidar com a incerteza que o futebol vive atualmente.

"Estamos enfrentando uma temporada anormal, sempre que você vai montar um treinamento, tem uma data-base para criar os trabalhos. Nesta montagem, você faz o progresso para que se aconteça de iniciar um trabalho de jogos num período não esperado, estar pronto para isso. Trabalhamos com vários cenários, temos reuniões diárias na comissão técnica para não sermos surpreendidos”, contou.

Ramiro vai na mesma linha do preparador, e pensando dentro de campo, acredita que o time irá recuperar o melhor momento com o novo estilo de jogo que o técnico Tiago Nunes está implementando em sua chegada ao clube.

"Padrão e estilo de jogo não vão mudar. A linha de trabalho é essa, é como Tiago vê como forma de jogar, mas vamos aprimorar, ver coisas que a gente não vinha fazendo tão bem, temos que melhorar, prova disso são os resultados não tão bons. Se a gente quer brigar pela parte de cima da tabela, temos que mudar. Tivemos conversas com a comissão, falamos o que pensávamos, para neste retorno colocar nos treinos e fazer com mais fluidez e de uma forma melhor nos jogos", projetou.

O Corinthians voltará a treinar na manhã desta sexta-feira no CT Dr. Joaquim Grava, realizando também uma movimentação no sábado.



Corinthians, Ramiro, Michael Huff, Avaliação, Treinos



LEIA TAMBÉM: Cantillo e Éderson podem jogar juntos no Corinthians?

LEIA TAMBÉM:Marcos critica Casagrande e defende Marcelinho por encontro com Bolsonaro

LEIA TAMBÉM: Confira os valores da premiação do Campeonato Paulista


432 visitas - Fonte: Site Oficial

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Qua - 21:30 - Arena - TVGlobo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena
Corinthians
1 0
Mirassol
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota