4/7/2019 09:46

Corinthians explica contrato com Gil somente até dezembro

(Foto: Divulgação)


A confirmação da contratação de Gil pelo Corinthians, nesta quarta-feira, só não foi mais festejada pelo torcedor alvinegro porque o clube anunciou que o contrato assinado tem duração de seis meses, com opção de renovação por mais três anos. O Blog apurou que o vínculo mais curto foi um pedido do zagueiro.



“O Gil quis assim. Mas, para nós, também acabou sendo bom, até porque temos a possibilidade de prorrogar o contrato por mais três anos”, explica um dirigente importante do departamento de futebol corintiano.

A boa notícia para os corintianos vem agora: “É impossível o Gil trocar o Corinthians por um rival no Brasil no fim do ano”, assegura o cartola. “Pode escrever aí: é impossível.”

Tamanha convicção tem a ver com o desejo do próprio Gil. Antes de assinar com o Timão, ele recebeu ofertas de Palmeiras, Flamengo e Grêmio. Todas com salários superiores ao oferecido pelo presidente Andrés Sanchez. Mas pesou a excelente relação com o torcedor e com o clube onde ele brilhou de 2013 a 2015.

Apesar de ter recebido propostas maiores, Gil não sairá barato ao Corinthians. O zagueiro, de 32 anos, receberá o teto salarial: R$ 550 mil mensais, assim como o goleiro Cássio, o lateral-direito Fagner, o volante Junior Urso e os atacantes Vagner Love e Boselli.



Gil ainda terá direito a luvas, como são chamados os prêmios pela assinatura do contrato. O Corinthians não pagou qualquer centavo ao Shandong Luneng, da China, com quem o zagueiro tinha vínculo até dezembro. As luvas serão na casa dos R$ 250 mil mensais, ao longo de todo o vínculo.



Corinthians, Timão, Gil, Carille



VEJA: Clique aqui e veja a baita viagem que a Mandala Turismo preparou para você aproveitar Capitólio-MG


LEIA TAMBÉM: Love comenta sobre protesto da Organizada e pondera: "A gente se cobra"

LEIA TAMBÉM: [ENQUETE] Você concorda com o protesto e as críticas direcionadas ao treinador Fábio Carille?

LEIA TAMBÉM: Insatisfação de Carille alcança patamar inédito no Corinthians

20526 visitas - Fonte: Blog do Jorge Nicola

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

A Chapecoense tem teto salarial próximo de R$ 70 mil mensais. Por que a qualidade em campo é semelhante? ''PODE ISSO ARNALDO?''

Vcs perceberam isso gente? O teto(valor máximo que o clube paga) é cerca de R$ 550 mil por mês. Olhem quantos craque recebendo isso! O time era pra estar tinindo!!!

YT Eduzin     

Fd

Ta na hora de acionar a patrulha do consumidor (Celso Russomano) propaganda enganosa anuncia 3 anos e assina 6 meses,pra que enganar o fiel torcedor?

Só vou acreditar nessa história se o corinthians for campeão da sulamericana e imediatamente renovar com o gil,senão renovar sou obrigado a acreditar no que os colegas estão comentando.

Ja começa errado o Gil ja veio com o pé em duas canoas e pra ficar bem com todos ê tentar manter a palavra assina por deis meses podendo prorrogar esquece não prorrogara nada então pq contratalo deixa que va para aonde qu

Correto Edgar Cruz Coelho. Parabéns pelos comentários...

O mesmo caminho de Balbuena e Romero (Mercenários). Parabéns Diretoria...

Segundo a notícia, já começou fazendo exigências, como fizeram Guerrero, Pablo, Balbuena e agora o Romero. É claro que tem no bolso propostas maiores de Flamengo e Palmeiras, então que vá de uma vez, pq ficar até dezembro. Na posição temos o Ronald que está arrebentando no sub20 e o Caetano que deveria ser aproveitado e jamais ser emprestado.

Com esse salário ou um pouco mais daria para trazer o colombiano James Rodríguez que é a maior carência do elenco. Verdadeiro meia de CRIAÇÃO

É lógico que ele fica até dezembro com salário de 550,00+250,00=800 e depois vai para o Palmeiras ou Flamengo.

Sebastiao Godoi     

Este contrato de seis meses não dá para entender a hora que vencer aí vai ser difícil a renovação

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias