14/10/2019 14:01

Presidente do Flamengo diz que Palmeiras e Santos fazem pressão contra a arbitragem

Marcos Braz se irrita com a não marcação de um pênalti e acusa paulistas e FPF de pressionarem os árbitros

O Flamengo derrotou o Athletico-PR por 2 a 0, na Arena da Baixada, mas mesmo assim, os flamenguistas saíram irritados com o árbitro Braulio da Silva Machado, que anulou a marcação de um pênalti, e sobrou até para os dirigentes de Palmeiras e Santos e da Federação Paulista. O vice-presidente de futebol do Fla, Marcos Braz, acusou os paulistas de pressionarem os árbitros contra o time carioca.


"A gente não aguenta mais ficar sem reclamar, enquanto eles (outros dirigentes) ficam parecendo um gato, só miando e bebendo leite e prejudicando o Flamengo. Tem que ver com o presidente do Santos se ele viu o VAR de hoje (domingo), disse o flamenguista, se referindo a José Carlos Perez. Na semana passada, o presidente santista afirmou que "se dependesse do VAR, o Flamengo seria campeão", durante entrevista para à rádio Energia FM.


Braz também alfinetou o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, e a Federação Paulista. "O presidente do Palmeiras usou adjetivos pesados, questionou a idoneidade da arbitragem, e não foi punido. A CBF não se posicionou, não fez nada. Aí, vem o presidente do Santos e fala a mesma coisa. Quando se passam 15 dias, dois ou três presidentes falam e a CBF não faz absolutamente nada, você começa a questionar. Agora, nós vamos falar também. Não é em função do resultado, que foi ótimo para o Flamengo, mas o que aconteceu aqui (na Arena da Baixada) foi brincadeira", protestou.

Após o empate do Palmeiras com o Inter, no dia 29 de setembro, o presidente do Palmeiras deu uma entrevista usando um lance de Flamengo x São Paulo para criticar a utilização do VAR e apontar que o clube carioca tem sido beneficiado.

"Em muitos lances, é só vocês fazerem um levantamento, o VAR não tem atuado em jogos do Flamengo e isso é um fato. Ontem foi um exemplo (ele reclamou que o atacante Gabigol não foi expulso após dar um pisão em Daniel Alves). Tem o jogo do Internacional também no Maracanã. A gente vem a público pedir uma arbitragem que apite igual para todos", reclamou Galiotte.

Braz acredita que as entrevistas dos dirigentes fazem com que a arbitragem se sinta mais pressionada em jogos do Flamengo. "Quando eles começam a falar de arbitragem, arrebentam o campeonato. O juiz chega pressionado, com medo, e do outro lado estão a Federação Paulista e os clubes. Alguém precisa se posicionar e falar alguma coisa", alertou.



LEIA TAMBÉM:Há 23 anos, Corinthians conquistava seu 22º Campeonato Paulista

LEIA TAMBÉM: Acabou em pizza! Comissão de ética arquiva processo de suspeita de compra de votos no Corinthians

LEIA TAMBÉM: Novo manto aprovado? Torcedores se dividem nas redes sobre uniforme do Timão para a temporada


JÔ PODE VOLTAR FINAL DO ANO, DUÍLIO RESPONDE SOBRE ROGER GUEDES E KENO, BRIGA: JADSON X TIAGO NUNES

1143 visitas - Fonte: Terra

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Maxi José     

o time que só joga com o juiz esse time do Flamengo é um time de m**** sei porque tão falando m**** desse time aqui aqui é Corinthians p**** vai falar no ninho do urubu que é o lugar de você e sua f************

Que porra de noticia é essa fazendo aqui no app do Coringão. Vaza pra lá urubu chorão.

Murilo Luz     

Esse presidente é um louco,o time q mais esta sendo ajudado pelo var é o Flamengo, agora é aplicativo do Corinthians ou do flamengo.

David Ferreira     

Aqui é Aplicativo do Corinthians ninguém quer saber desses lixos não

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians - Globo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena Corinthians
Corinthians
1 1
Ituano
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota