22/5/2024 14:39

Corinthians paga intermediário mesmo com valor errado na nota fiscal.

Corinthians paga intermediário mesmo com valor errado na nota fiscal.

Camisetas do Corinthians mostram a marca Vai de Bet.com Imagem: Augusto Ratis/AGIF O primeiro pagamento feito pelo Corinthians à empresa que intermediou o patrocínio da Vai de Bet aconteceu apesar de erro no valor da nota fiscal. O UOL pediu esclarecimentos ao clube, e a notícia será atualizada quando vier a resposta.

Camisetas do Corinthians mostram a marca Vai de Bet.com
Imagem: Augusto Ratis/AGIF

A intermediária emitiu uma nota fiscal de R$ 1,4 milhão, o dobro do valor correto. O documento foi emitido pela Rede Social Media Design, empresa que fez o meio-campo no acordo de patrocínio entre Corinthians e Vai de Bet. O Corinthians pagou o valor correto, de R$ 700 mil, apesar do erro. O valor corresponde à primeira parcela da comissão: 7% dos R$ 10 milhões mensais pagos pela empresa de apostas.

O primeiro pagamento da Vai de Bet para o Corinthians foi de R$ 20 milhões, mas metade do valor correspondia a luvas - o bônus pago pela assinatura. O contrato contém uma cláusula dizendo que a comissão pela intermediação não vale para as luvas.

A nota é datada do dia 10 de janeiro e foi paga à Rede Social Media Design em 18 de março. O UOL teve acesso às notas e aos comprovantes bancários da transação. A segunda nota emitida pela empresa, datada de 1º de março, estava com o valor correto e foi paga no dia 21 de março. O UOL perguntou ao Corinthians sobre o valor da nota e as datas do pagamento no final da tarde de terça-feira. Assim que o clube responder, a matéria será atualizada.

Repasses para empresa de laranja As duas notas fiscais são o centro da denúncia publicada por Juca Kfouri em sua coluna no UOL na segunda-feira. Após receber R$ 1,4 milhão, a Rede Social enviou R$ 1,06 milhão, em duas transferências, para a Neoway Soluções. A Neoway tem como sócia Edna Oliveira dos Santos, moradora de uma casa sem eletricidade no Jardim Caraminguava, em Peruíbe, São Paulo. Juca Kfouri conta que ela vive de Auxílio Brasil , desconhece Alex Cassundé, o dono da Rede Social Media Design, e ficou muito assustada ao ser abordada. No endereço indicado como o de Edna na Junta Comercial, o zelador do edifício informou que não existe a unidade indicada e que o nome da mulher não constava na lista dos moradores. O endereço indicado como o da Neoway é de um coworking na Avenida Paulista. O Corinthians disse que "todas as negociações, incluindo patrocínios, se deram de forma legal com empresas regularmente constituídas" e que "não guarda responsabilidade sobre eventuais repasses de valores a terceiros." O clube afirmou ainda que, "caso sejam apresentadas quaisquer provas de ilícitos, estes serão discutidos junto ao Conselho Deliberativo para providências que se fizerem necessárias."



VEJA TAMBÉM
- Corinthians escalado para o jogo contra o Internacional
- FORA DE NOVO? Desfalque há meses, passa por cirurgia no joelho e continua fora no Corinthians
- FIM DA LINHA! Corinthians confirma transferência de zagueiro para o clube do exterior









345 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Qua - 21:30 - Orlando Scarpelli -
X
Internacional
Corinthians

Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena
2 X 2
Corinthians
Sao Paulo
publicidade
publicidade
publicidade