20/11/2020 19:33

Nova paralisação? CBF descarta mudar protocolo da Covid: "Transmissão não ocorre em campo"

A sexta-feira (20) foi de confirmação de mais casos de covid-19 entre jogadores que disputam os principais torneios do futebol brasileiro. E mesmo em meio a uma semana de explosão de casos nas equipes e diante da segunda rodada do Campeonato Brasileiro com mais de 30 desfalques infectados por coronavírus, a CBF descarta, por ora, fazer mudanças no protocolo anti-covid de seus campeonatos.



LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Cantillo, Camacho ou Éderson: quem deve assumir a vaga no meio-campo alvinegro?


A confederação entende que a "Diretriz Técnica Operacional" das competições é eficaz. "Não há motivos para rever o protocolo. A transmissão não ocorre em campo. Não tem nenhuma evidência disso. Inclusive, jogador só entra em campo com exame RT-PCR negativo. O ambiente do estádio é muito seguro. Já são mais de 200 jogos só na série A. Um aumento de casos na última semana não pode significar imediatamente que nosso protocolo não é seguro. Ele é. Inclusive atualizado e validado pela OMS [Organização Mundial de Saúde]", argumentou o chefe médico da CBF, Jorge Pagura.

Na visão dos representantes da entidade, o aumento de casos não está relacionado a falhas nas recomendações, mas sim ao momento do país. "O Brasil deu uma flexibilizada no controle da pandemia. E isso se reflete em todos os campos da sociedade", argumentou Pagura.

"Antes, os aeroportos estavam mais vazios, os hotéis que os clubes utilizam estavam mais vazios. Agora não. O país flexibilizou. O contato acaba sendo maior. O que podemos fazer? Reforçar o que sempre falamos: se cuidem. É preciso manter tudo: utilização de máscara, evitar aglomeração, estar sempre fazendo uso do álcool gel para higienização. Nosso protocolo cuida do campo e arca com a testagem do elenco. Mas quem cuida do restante é o clube. Os clubes precisam cuidar dos seus. Se um jogador sai, vai a algum lugar, frequenta uma festa, não é culpa do protocolo", completou.

Estudioso dos casos de covid-19 e um dos mais renomados infectologistas do Brasil, Carlos Starling endossa o discurso da confederação brasileira de futebol.

"Não podemos confundir as coisas. Jogadores têm, no máximo, 30 segundos de contato somados durante uma partida. Isso com todos eles testados negativo e em ambiente aberto. Não é um cenário de transmissão. A diretriz estabelecida para a retomada do futebol e adotada até hoje é eficaz", opinou.

Na rodada do último final de semana, a 21ª do Brasileirão 2020, 37 jogadores não puderam entrar em campo por estarem com covid-19. Na próxima, a 22ª, a ser disputada amanhã e domingo, já são 32 desfalques confirmados pelo mesmo motivo.

O Palmeiras é o principal prejudicado pela doença neste fim de semana - são 18 casos em meio ao surto no Alviverde.

Ainda que demonstrem certo descontentamento interno, os clubes evitam fazer críticas públicas ao protocolo. Alinhados com a CBF após o lobby para o retorno do Brasileiro no início de agosto e a manutenção do formato padrão com 38 rodadas, os times também não fazem qualquer movimento de pedido de adiamento de jogos.



Na última atualização do acordo em vigor, a confederação, com o aval dos clubes, estabeleceu que só adiaria uma partida caso um dos times participantes não tivesse ao menos 13 jogadores disponíveis para entrar em campo.


Corinthians, CBF, Protocolo, Covid, Campeonatos, Jogos, Timão



LEIA TAMBÉM: Cadê o Jonathan Cafú? Último reforço do Corinthians, atacante “desaparece” e não joga há dois meses

LEIA TAMBÉM: Após exames, Jemerson é diagnosticado com estiramento no joelho; veja quando o zagueiro deve voltar






1062 visitas - Fonte: UOL Esporte

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Seg - 20:00 - Neo Química Arena - Premiere
Corinthians
RB Bragantino

Último jogo - Brasileiro

Qui - 21:00 - Neo Química Arena
Corinthians
3 0
Sport
Untitled Document
Classificação
1 São Paulo
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 Flamengo
5 Palmeiras
6 Grêmio
7 Fluminense
8 Santos
9 Corinthians
10 Atletico Paranaense
11 Ceará
12 Bragantino
13 Atletico Goianiense
14 Sport Recife
15 Vasco DA Gama
16 Fortaleza EC
17 Bahia
18 Goiás
19 Coritiba
20 Botafogo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
57 30 16 9 5 50 28 22 VVDDE
56 30 16 8 6 48 28 20 VVVVV
53 29 16 5 8 51 37 14 VDVEV
52 29 15 7 7 50 39 11 VEDDV
51 29 14 9 6 43 26 17 DVVEV
50 29 12 14 3 38 24 14 EVVEE
46 30 13 7 10 40 37 3 DDVDV
45 29 12 9 8 41 36 5 DDEVV
42 29 11 9 9 35 34 1 VVVVD
39 30 11 6 13 27 29 -2 VVVEE
39 30 10 9 11 41 41 0 VEDVD
38 30 9 11 10 39 36 3 DDVEV
36 30 8 12 10 27 36 -9 VDEED
32 30 9 5 16 24 38 -14 EDVDD
32 29 8 8 13 29 40 -11 VDEVD
32 30 7 11 12 26 30 -4 DEDED
29 29 8 5 16 35 51 -16 DDDDE
26 30 6 8 16 29 47 -18 DVVDD
25 30 6 7 17 23 39 -16 DDDEV
23 30 4 11 15 26 46 -20 VDDDD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Bragantino
2 Corinthians
3 Guarani Campinas
4 Ferroviária
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
23 12 7 2 3 18 9 9 VVVVV
17 12 4 5 3 15 10 5 EEEVV
16 12 4 4 4 16 14 2 EVVDD
15 12 3 6 3 13 9 4 VEEEV
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS