8/8/2020 20:51

Tiago Nunes elogia Corinthians e explica escolhas nos pênaltis: "Treinamento e maturidade"

Timão foi derrotado nos pênaltis para o Palmeiras na primeira final do treinador pelo clube

Técnico do Corinthians, Tiago Nunes ressaltou a entrega do time, que empatou o jogo contra o Palmeiras no último lance do jogo, em pênalti sofrido e convertido por Jô, e explicou os critérios para escolha de batedores após a derrota nos pênaltis e o vice-campeonato na final do Paulistão.



Fizemos seis jogos após a parada e há de se ressaltar, não é fácil, porque foram seis jogos em 16 dias, então é uma conta muito ruim, difícil jogar e em menos de três dias ter que jogar de novo, e todos jogos decisivos. Os jogadores fizeram um grande trabalho e estamos invictos ainda (pós-parada), perdemos o título, mas não o jogo, fizemos uma atuação de Corinthians, lutando, acreditando até o final e tentando superar nossos próprios limites, como o torcedor sempre gosta de ressaltar. Parabenizar a todos que trouxeram o Corinthians até a final e o trabalho segue em busca da melhora constante – disse Tiago, respondendo perguntas da assessoria após a partida.

Nos pênaltis, Michel Macedo e Cantillo erraram suas cobranças. Luan, referência técnica do time, não figurou na lista dos cinco primeiros batedores.

Questão de escolha (dos cobradores) é o treinamento, os atletas que tiveram bom aproveitamento, e a maturidade, porque é um momento emocional, mas o pênalti em si não é o momento mais importante, importante é o que a gente produziu durante os jogos, durante esse jogo – explicou o técnico do Corinthians.

Ainda sobre a derrota nos pênaltis, o técnico aproveitou para analisar o desempenho e os resultados do Corinthians no Paulistão como um todo, antes e depois da parada por causa do coronavírus, e da temporada, sua primeira no comando do Timão.

Partindo do princípio que é um ano de transformação, de mudanças na condução do futebol do clube, no que tange ao elenco, na característica de jogo, a gente entende que é normal uma oscilação, houve ela no início da temporada, quando tivemos dificuldade de resultado, até jogos bons com problemas no resultado. Tivemos a pandemia, que continua existindo, mas a parada, que forçou a gente ficar parado por 3 meses, mas serviu para refletir, para refletir os conceitos que a gente tinha da equipe, e voltamos bem, com uma equipe mais consistente, uma equipe que entrega consciência e bons resultados – analisou Tiago.

Já de olho no início do Brasileirão, competição em que o Corinthians estreia na próxima quarta-feira, às 19h30, contra o Atlético-MG fora de casa, Tiago disse esperar uma competição diferente, com muitos jogos e com algumas equipes com vantagem técnica.



Perspectiva que vamos analisar jogo a jogo, é um campeonato diferente dos outros anos porque mais uma vez teremos muitos jogos em pouco tempo, tecnicamente todos vão estar prejudicados, as equipes com plantel maior, com grupo maior de jogadores, acabam tendo vantagem, temos equipes que começaram antes a preparação, nosso próximo adversário começou 30 dias antes da gente, 19 de maio, então a exemplo de outras equipes vamos ter que equilíbrio grande e pensar jogo a jogo.





LEIA TAMBÉM:Cássio desabafa antes de vitória sobre o Bahia: Não devemos nada!

LEIA TAMBÉM:Andrés muda postura e faz quatro trocas de técnicos contra uma na 1ª gestão




3459 visitas - Fonte: Globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Leandro Knihs     

Esse Michel Macedo, não pode ser jogador do Corinthians.

Zapra Olimo     

Michael é um jogador horrivel. Sem condições.

Vc foi um deles ok o Luan chutar ou todas as falta e o pênalti correu ne e vc escolhe os jogadores erado prá chutar

Valcir Martendal     

E perdemos o titulo por culpa do tecnico. Fez pessimas trocas

Valcir Martendal     

Se continuar com Luan. Vai sempre jogar so em 10. Ele ta um pe de rato gordo que nen comsegue correr

aldair alves     

Chupa gambazada acho q ia ser campeao os porco mandaro

Parabéns Corinthians, Timão jogou muito, Palmeiras deu sorte

Treinador burro pois colocou as mesmas merda de jogadores de quarta feira , time apático sem não for o Jô , Cássio , Fagner, Gil, Eder esse time não tinha chegado a onde chegou , não é possível que na categoria sub 20 ,23 ,17 não tenha jogadores melhor que esse Luan , Michael, Ramiro , Mateus Vital . Porque ele não colocou p menino que veio do são Paulo para jogar , mais que ficar nesse esquema dele , jogador ruim tem que ficar no banco

Kinkas Ferreira     

Morreu abraçado com a tiriça do luan

Carlinhos Braw     

Luan também não sabe bater pênalti, o pior foi esse Michel sem dúvidas entrou, e não ajudou nada e ainda perdeu o pênalti. Infelizmente o tetra não veio, mas foi uma boa recuperação de rebaixado a vice, agora temos que seguir em frente o Brasileiro já começou.

Cicero Sousa     

com todas as adversidades,nois chegamos, parabéns corinthias você é minha fonte de expiração, eu tenho orgulho de ser corinthias.

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileirão

Qua - 21:30 - Ilha do Retiro - Recife - Globo
Sport
Corinthians

Último jogo - Brasileirão

Qua - 21:30 - Neo Química Arena
Corinthians
Bahia
Untitled Document
Classificação
1 Atletico Paranaense
2 Internacional
3 Atletico-MG
4 Grêmio
5 Atletico Goianiense
6 Vasco DA Gama
7 Bahia
8 São Paulo
9 Sport Recife
10 Bragantino
11 Botafogo
12 Palmeiras
13 Ceará
14 Fluminense
15 Santos
16 Corinthians
17 Goiás
18 Coritiba
19 Fortaleza EC
20 Flamengo
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
6 2 2 0 0 4 1 3 VV
6 2 2 0 0 3 0 3 VV
6 2 2 0 0 4 2 2 VV
4 2 1 1 0 2 1 1 VE
3 1 1 0 0 3 0 3 V
3 1 1 0 0 2 0 2 V
3 1 1 0 0 1 0 1 V
3 1 1 0 0 1 0 1 V
3 2 1 0 1 3 4 -1 VD
2 2 0 2 0 2 2 0 EE
1 1 0 1 0 1 1 0 E
1 1 0 1 0 1 1 0 E
1 2 0 1 1 3 4 -1 DE
1 2 0 1 1 1 2 -1 DE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
0 1 0 0 1 2 3 -1 D
0 1 0 0 1 1 2 -1 D
0 2 0 0 2 0 2 -2 DD
0 2 0 0 2 0 3 -3 DD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota