17/6/2024 09:51

Corinthians enfrenta desafios em clássico e corre risco no Brasileirão.

Corinthians enfrenta desafios em clássico e corre risco no Brasileirão.

O empate por 2 a 2 contra o São Paulo pode ter distintas análises para o torcedor do Corinthians. O ponto conquistado é importante no cenário que se desenhava o clássico, com um time que saiu atrás no placar aos três minutos e que tinha inúmeros desfalques. Por outro lado, quando se olha a tabela com apenas uma vitória depois de nove rodadas, o empate jogando como mandante tem um sabor amargo na perspectiva do panorama que se desenha a competição e em qual das brigas o Corinthians neste momento parece estar: a da parte de baixo da tabela contra o rebaixamento.

O Corinthians segue em situação ruim no Campeonato Brasileiro. Com sete pontos, o time tem apenas uma vitória, além de quatro empates e quatro derrotas. São apenas nove rodadas, mas praticamente um quarto da competição já foi disputado e cada ponto que se ganha ou deixa de somar é essencial para definir qual rumo será tomado. Antes da abertura da janela de transferências, data tida como crucial para o Corinthians projetando a sequência da temporada com a possível chegada de reforços, serão seis jogos: Internacional (fora de casa), Athletico-PR (fora), Cuiabá (casa), Palmeiras (fora), Vitória (casa) e Cruzeiro (fora).

Igor Coronado e Lucas Moura em São Paulo x Corinthians — Foto: Ettore Chiereguini/AGIF
Igor Coronado e Lucas Moura em São Paulo x Corinthians — Foto: Ettore Chiereguini/AGIF

Altos e baixos O primeiro tempo mostrou duas faces distintas do Corinthians. Foram dois minutos e meio de intensidade até o São Paulo abrir o placar com Lucas Moura. O gol mudou qualquer estratégia de pressão que os comandados de António Oliveira pudessem ter. Defensivamente frágil, o Timão apresentou inúmeros problemas, principalmente com os jogadores que não vinham jogando com frequência.

Igor Coronado marcou belo gol no empate do Corinthians no clássico   — Foto: Marcos Ribolli
Igor Coronado marcou belo gol no empate do Corinthians no clássico — Foto: Marcos Ribolli

Caetano e Moscardo mostraram falta de ritmo que impactaram diretamente no poder de marcação. Na frente, Yuri Alberto foi o jogador que mais brigou com e sem a bola. Em uma das suas roubadas, Gustavo Mosquito marcou o gol de empate por 2 a 2. Antes disso, Igor Coronado mostrou categoria ao marcar belo gol em chute de fora da área. Pouco tempo depois, em nova pane defensiva, o Corinthians viu o São Paulo marcar o segundo gol em disputa de Cacá com Luciano.

António Oliveira identificou um dos problemas mais evidentes do Corinthians no primeiro tempo. Na volta do intervalo, o treinador tirou Gabriel Moscardo para a entrada de Breno Bidon pensando em um reequilíbrio do meio de campo. A mudança fez o Corinthians igualar o meio e ajustar a marcação, dando maior proteção aos zagueiros.

O ponto é importante, mas ainda muito pouco para um time que precisa de resultados imediatos diante de um início ruim no Brasileirão.



VEJA TAMBÉM
- DE SAÍDA? Timão pode negociar titular em caso de proposta vantajosa
- Corinthians prepara anúncio oficial de volante contratado do futebol europeu
- EMOCIONANTE! Alex Santana se emociona em apresentação no Corinthians.









285 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Ter - 21:00 - Neo Química Arena -
X
Corinthians
Criciuma

Brasileiro

Qua - 19:00 - São Januário
2 X 0
Vasco Da Gama
Corinthians
publicidade
publicidade
publicidade