29/3/2014 10:20

Jornal: Sheik e diretoria travam guerra no Corinthians

Jornal: Sheik e diretoria travam guerra no Corinthians
De acordo com a versão online do jornal Lance!, a falta de entendimento com o Corinthians deve selar a saída do atacante Emerson Sheik. A cúpula do clube tem se irritado com a permanência do atleta, que não se mostra disposto a mudar de ares. O camisa 11 inclusive cumpre com suas obrigações e comparecido a treinos no clube.

O Corinthians tenta ceder o jogador a outro clube. Neste caso, o Botafogo surge como principal interessado, contando inclusive com o sim corintiano para dividir o pagamento dos salários – cada clube pagará metade dos R$ 250 mil que Emerson Sheik recebe atualmente. O atacante, porém, não demonstra vontade de deixar o time paulista, alegando – entre outros motivos – que renovou recentemente o aluguel de sua casa em Barueri (SP).

A diretoria corintiana tenta, segundo o jornal, criar um ambiente ruim para forçar sua saída. Mesmo recuperado de lesão e participando dos treinos, o atacante não foi relacionado para o jogo contra o Atlético Sorocaba no último domingo. Nesta sexta-feira (28), ele ficou fora do treino tático e trabalhou em outro campo com jogadores menos utilizados.


VEJA TAMBÉM
- Corinthians escalado para o jogo contra o Internacional
- FORA DE NOVO? Desfalque há meses, passa por cirurgia no joelho e continua fora no Corinthians
- FIM DA LINHA! Corinthians confirma transferência de zagueiro para o clube do exterior









5766 visitas - Fonte: Terra

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Qua - 21:30 - Orlando Scarpelli -
X
Internacional
Corinthians

Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena
2 X 2
Corinthians
Sao Paulo
publicidade
publicidade
publicidade