29/3/2014 09:45

SP: medidas contra racionamento podem custar um Itaquerão.

SP: medidas contra racionamento podem custar um Itaquerão.
As medidas de emergência contra um racionamento de água em São Paulo poderão se aproximar de R$ 1 bilhão em um ano, segundo levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo. O valor poderá ter um impacto financeiro de mil escolas ou superior aos gastos da Arena Corinthians, que sediará a abertura da Copa do Mundo.

O valor a ser gasto corresponde ao dobro do investimento habitual da Sabesp em segurança hídrica no período de 12 meses. Segundo o levantamento, o maior impacto vem da receita que a Sabesp deverá abrir mão com a economia de consumo feita pela população. Por causa dos baixos níveis do Sistema Cantareira, a empresa acabou lançando uma campanha para que os moradores baixem em pelo menos 20% a água usada e tenham desconto de 30% na conta.

Dados de consumo médio indicam que esse montante poderá atingir, no período de um ano, R$ 900 milhões – sendo R$ 200 milhões devido à redução da água utilizada e R$ 700 milhões em razão dos descontos.


VEJA TAMBÉM
- Corinthians escalado para o jogo contra o Internacional
- FORA DE NOVO? Desfalque há meses, passa por cirurgia no joelho e continua fora no Corinthians
- FIM DA LINHA! Corinthians confirma transferência de zagueiro para o clube do exterior









5328 visitas - Fonte: Terra

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

publicidade

Brasileiro

Qua - 21:30 - Orlando Scarpelli -
X
Internacional
Corinthians

Brasileiro

Dom - 16:00 - Neo Química Arena
2 X 2
Corinthians
Sao Paulo
publicidade
publicidade
publicidade