3/7/2020 09:57

Primeiro jogo da final da Recopa Sul-Americana completa sete anos

Então o atual campeão da Libertadores, Timão encarou o São Paulo, vencedor da Sul-Americana, e venceu por 2 a 1 fora de casa

Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians


Exatamente sete anos atrás, no dia 03 de julho de 2013, o Corinthians visitava o São Paulo, no Morumbi, pela partida de ida da Recopa Sul-Americana. O Alvinegro chegava para aquela disputa como campeão invicto da Copa Libertadores de 2012. Já o São Paulo detinha o título da Copa Sul-Americana, conquistada no mesmo ano.



Ainda comandada por Tite, a equipe do Parque São Jorge foi a campo com Cássio; Edenílson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf e Guilherme; Danilo, Emerson Sheik e Romarinho; Guerrero.

Na metade do segundo tempo, Danilo foi substituído por Douglas. O camisa 20 se contundiu após disputar lance com Rodrigo Caio e lesionar o joelho. E não demorou muito para que o Timão abrisse o placar. Em ataque pela direita, Guerrero protegeu e acionou Romarinho. O talismã corinthiano disparou, passou por Juan e cruzou para Sheik. Ele teve o chute bloqueado, mas a bola sobrou na marca do pênalti para o peruano estufar as redes.

A vantagem obtida no primeiro tempo acabou ainda nos instantes iniciais da segunda etapa. Aos 40 segundos, Aloísio arriscou de fora da área, a bola escapou das mãos de Cássio e foi parar no fundo do gol.

Com o empate, o jogo ficou quente e ganhou emoção. Com três minutos, Douglas, que havia entrado no decorrer do jogo, sofreu dura entrada no tornozelo e também teve que ser substituído. Para seu lugar veio Renato Augusto.

A postura do Timão também mudou. A equipe passou a apostar nos contra-ataques e só aos 18 minutos conseguiu voltar a ameaçar a meta defendida por Rogério Ceni. O camisa 8 cruzou e Guilherme cabeceou a bola na trave.

O lance deu novo ânimo ao Alvinegro. Cinco minutos depois, Edenílson e Sheik tabelaram pela direita. O herói da Libertadores cruzou e Romarinho finalizou de peito, acertando novamente a trave do São Paulo.

E foi aos 30 minutos que Renato Augusto protagonizou o lance que eternizaria aquele duelo. Após receber lançamento de Fábio Santos, o meia matou a bola no peito, viu Rogério Ceni adiantado e marcou um golaço de cobertura.



Seguro no duelo, o sistema defensivo do Corinthians só sofreu pressão aos 40 minutos, quando Fábio Santos conseguiu salvar bola em cima da linha. Depois disso, a equipe de Tite controlou o duelo e levou a vantagem para o jogo de volta, no Pacaembu.

Corinthians, timão, recopa





LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Polêmico fora dos gramados, Otero seria um bom reforço para o Corinthians?

LEIA TAMBÉM: Corinthians fecha acordo com América-MG e pagará dívida com Richarlison em 12 parcelas; relembre o caso




654 visitas - Fonte: Site oficial

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Sáb - 19:00 - Arena do Grêmio - Premiere
Grêmio
Corinthians

Último jogo - Brasileiro

Qua - 19:15 - Mineirão
Atlético-MG
3 2
Corinthians
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota