2/4/2024 11:36

Raniele: O Atacante que se Tornou Xodó no Corinthians

A ascensão de Raniele: do interior da Bahia para os gramados do Corinthians

Raniele: O Atacante que se Tornou Xodó no Corinthians

O estilo aguerrido e as boas atuações nos três primeiros meses no Corinthians fizeram com que Raniele rapidamente caísse nas graças da torcida alvinegra. Porém, bem antes de se tornar um xodó da Fiel, o volante já havia conquistado respeito e admiração em Lagoa do Mamão. Raniele é o filho mais ilustre do povoado baiano de apenas 2 mil habitantes, localizado na cidade de Baixa Grande, a 252 km da capital Salvador. Na infância simples, sem luxos, mas também sem passar necessidades, o futebol sempre foi o passatempo predileto dele.

Nos campos de terra de Lagoa do Mamão Raniele pegou gosto pelo esporte e desenvolveu seu talento. No início, era atacante, inspirado no pai, Rubens, que fez fama na várzea, mas não conseguiu seguir a carreira como jogador profissional. Com o passar do tempo, porém, Raniele percebeu que seria melhor recuar. – Lá eu era um pouquinho acima da média. Só que aí você vai saindo para outros lugares, vão chegando jogadores melhores, com mais capacidade técnica, e você vai para trás. Fui percebendo que eu levava mais vantagem jogando mais recuado. Nunca tive vaidade, o importante era jogar – relembra o jogador, que não se arrepende da decisão: – Tenho minha capacidade técnica, mas meu negócio é correr, dar carrinho, disputar bola, fazer desarme.

Raniele e o irmão Eric na infância no povoado em Lagoa do Mamão
Raniele e o irmão Eric na infância no povoado em Lagoa do Mamão — Foto: Arquivo pessoal

A trajetória no futebol, entretanto, ficou por um triz de ser interrompida precocemente. Desiludido com a falta de oportunidades em times profissionais, Raniele entendeu que era preciso buscar um plano B aos 17 anos, após concluir o Ensino Médio. – Eu fiz o Enem e consegui uma vaga para estudar Matemática lá no interior da Bahia. Também comecei a fazer um curso de redes de computadores em Feira de Santana. A escolha pela matemática chama atenção porque Raniele diz que não levava jeito para as disciplinas de exatas. A explicação está no pai do jogador, que até hoje é professor da disciplina. – Meu pai ensinou a minha mãe, meu irmão, a mim e a minha irmã. É um guerreiro – conta Eric Melo, irmão de Raniele.

Raniele virou xodó da torcida do Corinthians neste início de 2024
Raniele virou xodó da torcida do Corinthians neste início de 2024 — Foto: Rodrigo Coca / Ag.Corinthians

A dupla sonha em um dia dividir o mesmo campo, ainda que em lados opostos. Em tom de brincadeira, Raniele conta que já sugeriu a contratação do irmão para o Corinthians , e Eric brinca: – Eu fui para lateral justamente pela falta de opções, né? Não tem muito no Brasil, então eu falei: sei fazer isso aqui. Já pensou se o Augusto Melo (presidente do Corinthians ) me liga aqui agora? Que benção (risos). Após realizar os sonhos dele e da família, Raniele agora mira a conquista de títulos pelo Corinthians e tem um último e ousado objetivo: – Eu quero muito e sei que vai acontecer, não sei em que momento, uma convocação para a seleção brasileira.

Raniele, jogador do Corinthians, ao lado dos irmãos e dos pais
Raniele, jogador do Corinthians, ao lado dos irmãos e dos pais — Foto: Arquivo pessoal


VEJA TAMBÉM
- Timão escalado para o jogo contra o Juventude
- Corinthians e Atlético-MG empatam na estreia do Brasileirão
- Timão escalado para o jogo contra o Atlético-MG









735 visitas - Fonte: -

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

  • publicidade
  • publicidade
    publicidade

    Brasileiro

    Dom - 16:00 - Neo Química Arena -
    X
    Corinthians
    Atletico-MG

    Sudamericana

    Ter - 19:00 - Neo Química Arena
    4 X 0
    Corinthians
    Nacional Asuncion
    publicidade
    publicidade
    publicidade