26/6/2022 09:10

OPINIÃO: Com time misto, Corinthians não esconde foco no Boca Juniors em novo clássico contra o Santos

Timão ficou no 0 a 0 contra o Santos três dias depois de golear o mesmo rival por 4 a 0; na terça-feira, equipe recebe o Boca Juniors pela Libertadores

O torcedor do Corinthians só pensa nos duelos contra o Boca Juniors pelas oitavas de final da Libertadores. O Timão recebe o time argentino na terça-feira, na Neo Química Arena, e depois visita o adversário na Bombonera no dia 5, na terça-feira da outra semana.



Acontece que, para chegar ao primeiro jogo contra o Boca, o Timão teve pela frente um protocolo a cumprir: foi preciso enfrentar o Santos no sábado à noite pelo Brasileirão. Mesmo com desfalques, mesmo com problemas e mesmo com risco de novas lesões – como a de Du Queiroz, que saiu com dores.

Resultado? Um 0 a 0 modorrento, num jogo de poucas emoções. E um ponto na tabela.

Para minimizar o impacto físico, Vítor Pereira levou a campo um time com seis mudanças em relação ao time que começou na goleada por 4 a 0 contra o mesmo Santos, na melhor exibição do ano.

Saíram Fagner, João Victor (machucado), Lucas Piton, Giuliano, Willian e Róger Guedes (suspenso), e iniciaram o jogo Rafael Ramos, Robert Renan, Fábio Santos, Roni, Adson e Felipe. Um time que perdeu refinamento técnico, intensidade, apoio dos laterais e envolvimento ofensivo.

Daí, por isso, os 45 minutos iniciais foram muito chatos. O Timão ficou menos com a bola e só construiu jogadas em contra-ataques, geralmente puxados por Du Queiroz, que teve liberdade e jogou muito bem no clássico. Pouco ameaçado, o Timão subiu de produção a partir do intervalo, com as entradas de Willian e Giuliano. Depois, Fagner, Piton e Júnior Moraes também foram a campo.

O ajustado Corinthians se modelou de uma melhor forma, mas insuficiente para fazer os três pontos dentro de casa. Num jogo em que pouco foi ameaçado, somou um pontinho na tabela, foi a 26 e se manteve na vice-liderança. Neste domingo, o Palmeiras pode abrir cinco pontos se derrotar o Avaí.

Mas o foco principal de momento, como sabemos, é o Boca. A maior preocupação de Vítor Pereira é: como montar um time novamente competitivo e intenso, como foi contra o Santos na última quarta-feira, diante da equipe argentina? Afinal, é preciso levar um bom placar para a Bombonera.

Apesar de todos os problemas, o Corinthians chega com um grau de confiança até elevado para os duelos, depois de conseguir se manter no bloco de cima do Brasileirão e vindo de um resultado incrível contra o mesmo Santos quando usou o que tinha de melhor.

Com uma Arena com mais de 40 mil torcedores, a tendência é de que o Timão reencontre o futebol que não conseguiu mostrar na noite de sábado. No apito final, torcedores aplaudiram e gritaram aquele aviso comum antes das decisões: "É, terça-feira!". Como se esse não fosse o foco desde sempre.



Corinthians, 2022, Campeonato Brasileiro



VEJA TAMBÉM
- 5 notícias do Corinthians hoje que bombaram (11/08)
- "Acreditamos nele", diz presidente do Santos sobre Luan
- Neto diz estar com pena de Luan

LEIA TAMBÉM: Róger Guedes ou Jô? Em funções diferentes, jogadores lutam por posição no Corinthians

LEIA TAMBÉM: Insatisfação, protesto e cobranças, veja como surgiu a crise no Corinthians

LEIA TAMBÉM: Corinthians inicia Brasileirão em crise, mas tem potencial de evolução












372 visitas - Fonte: globoesporte.com

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Tem que por o time titular em todos os jogos,esses dois pontos que deixou de ganhar do Santos vai fazer muita falta no final do campeonato, chega de poupar

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qua - 21:30 - Neo Quimica Arena - Globo,premiere
Corinthians
Coritiba

Último jogo - Brasileiro

Dom - 18:00 - Mineirão
Atlético-MG
Corinthians
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota
Untitled Document
Classificação
1 Corinthians
2 Inter De Limeira
3 Santo André
4 Botafogo Sp
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
25 12 7 4 1 17 9 8 EVVEV
18 12 6 0 6 8 12 -4 VVVDV
13 12 3 4 5 9 13 -4 DEDVV
12 12 2 6 4 10 15 -5 DEVEE
Untitled Document
Classificação
1 River Plate
1 Atletico-MG
1 Palmeiras
1 Internacional
1 São Paulo
1 Barcelona SC
1 Argentinos JRS
1 Flamengo
2 Defensa Y Justicia
2 Fluminense
2 LDU De Quito
2 Boca Juniors
2 Always Ready
2 Racing Club
2 Cerro Porteno
2 Atletico Nacional
3 Rentistas
3 Independiente Del Valle
3 Olimpia
3 Real Esppor Club
3 Velez Sarsfield
3 Santos
3 Club Nacional
3 Santa Fe
4 Union La Calera
4 Sporting Cristal
4 Universitario
4 The Strongest
4 America De Cali
4 Deportivo Tachira FC
4 U. Catolica
4 Junior
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
7 3 2 1 0 7 2 5 EVV
9 3 3 0 0 10 3 7 VVV
3 2 1 0 1 4 2 2 DV
6 2 2 0 0 5 0 5 VV
9 3 3 0 0 7 0 7 VVV
6 2 2 0 0 4 0 4 VV
9 3 3 0 0 10 5 5 VVV
4 3 1 1 1 5 3 2 EVD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 7 6 1 EVD
6 3 2 0 1 3 1 2 VVD
3 2 1 0 1 3 2 1 VD
4 2 1 1 0 3 2 1 EV
4 3 1 1 1 2 4 -2 VED
4 2 1 1 0 6 4 2 VE
1 2 0 1 1 1 3 -2 ED
1 2 0 1 1 1 6 -5 ED
3 2 1 0 1 4 4 0 DV
2 2 0 2 0 1 1 0 EE
3 3 1 0 2 5 6 -1 DDV
3 3 1 0 2 5 4 1 DDV
1 2 0 1 1 4 6 -2 DE
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED
1 3 0 1 2 3 8 -5 EDD
0 2 0 0 2 1 5 -4 DD
0 2 0 0 2 2 6 -4 DD
0 3 0 0 3 0 10 -10 DDD
0 2 0 0 2 1 4 -3 DD
3 2 1 0 1 3 6 -3 VD
0 2 0 0 2 0 4 -4 DD
1 2 0 1 1 2 3 -1 ED