10/7/2020 12:24

Gobbi disse que, se for eleito, que o corintiano não espere títulos

Enquanto dentro de campo o técnico Tiago Nunes tem a missão de recuperar o Corinthians num início de temporada abaixo do esperado, fora dele o ambiente do Alvinegro tem problemas financeiros e a disputa política em ano de eleições que definirá o sucessor de Andrés Sanchez. Entre os candidatos está Mário Gobbi, que já esteve à frente do clube entre 2012 e 2015.



No podcast Posse de Bola #40, o jornalista Juca Kfouri destaca uma entrevista concedida por Gobbi. Mandatário no período de títulos importantes, como a Libertadores e o Mundial de Clubes, ele não prometeu novas conquistas aos torcedores e tem como meta principal colocar as contas em dia.

"O candidato Mário Gobbi, numa entrevista que deu lançando a sua candidatura, com muita firmeza, disse que, se ele for eleito, o corintiano não espere títulos, espere saneamento, espere estacas, base para que o Corinthians possa depois ser autossustentável", ressalta Juca.



"Fez um discurso corajoso para quem é candidato e quer ser presidente do clube, mas fez o discurso do saneamento econômico, que é o que o corintiano consciente haverá de querer", completa o colunista do UOL.

Corinthians, Timão, Gobbi



LEIA TAMBÉM: Cantillo e Éderson podem jogar juntos no Corinthians?

LEIA TAMBÉM:Marcos critica Casagrande e defende Marcelinho por encontro com Bolsonaro

LEIA TAMBÉM: Confira os valores da premiação do Campeonato Paulista


3501 visitas - Fonte: UOL

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Paulista

Qua - 21:30 - Arena - TVGlobo
Corinthians
Palmeiras

Último jogo - Paulista

Dom - 16:00 - Arena
Corinthians
1 0
Mirassol
Untitled Document
Classificação
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota