16/9/2019 17:10

Empresa que comandará o Pacaembu tem planos para destruir o tobogã e diminuir números de jogos

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), firmou nesta segunda-feira o contrato de concessão do estádio do Pacaembu entre a prefeitura municipal e o consórcio Patrimônio SP (entre as empresas Progen e Savona) por 35 anos. O projeto prevê a demolição do tobogã e a redução drástica do futebol no local.



LEIA TAMBÉM: Dificuldade do Corinthians em vencer clubes em má fase persiste

A afirmação é de Eduardo Barella, CEO do consórcio vencedor da licitação, em entrevista à "Folha de S.Paulo" desta segunda.

"Com a demolição do Tobogã e a construção de uma nova edificação, vamos atrair para o complexo inúmeras outras receitas. Aluguel de espaço, estacionamento, venda de alimentos e bebidas. Futebol deixará de ser a principal receita, vai corresponder a 15% da nossa receita", afirma Barella.

"Estamos prevendo quinze jogos de futebol profissional por ano”, disse Barella para a "Veja". “Em compensação, faremos 300 eventos anuais nos demais espaços, como casamentos, apresentações musicais, festas infantis e lançamentos de marcas”, completou.

Vale lembrar que o Santos passou a ser o clube com mais jogos no estádio desde que o Corinthians inaugurou sua Arena (2014) e que o Palmeiras finalizou as obras de reforma do velho Palestra Itália (também em 2014).

Erguido no início dos anos 70 e com capacidade para 10 mil torcedores, o Tobogã dará lugar a um edifício moderno, com espaço para abrigar lojas, lanchonetes, escritórios e outros serviços, além de uma passarela ligando as ruas Itápolis e Desembargador Paulo Passalaqua.

O edifício terá cinco andares e quatro subsolos. Um dos andares simulará uma concha acústica, relembrando a construção original do estádio (antes do Tobogã). Mais próximo do gramado, terá uma ampla área aberta para abrigar eventos heterogêneos, como shows, apresentações artísticas e lutas.

Sem o Tobogã, a capacidade do estádio cairá para algo em torno de 26 mil a 28 mil lugares.

Também estão previstas obras que envolvem a piscina, o ginásio, os vestiários, as quadras, os acessos e o estacionamento.

O consórcio Patrimônio SP prevê iniciar as obras de transformação no estádio no primeiro semestre do ano que vem. A duração prevista é de 28 meses. Apesar das mudanças, o contrato assinado nesta segunda com a prefeitura não deve criar restrições para os moradores que frequentam o local.



A reinuguração deve ocorrer em 2022.

Corinthians, Pacaembu, Tobogã



VEJA: Clique aqui e veja as promoções que a Network BG preparou para você acompanhar todos os jogos da temporada

LEIA TAMBÉM: DE SAÍDA? Empresário de Pedrinho confirma conversas com time da França

LEIA TAMBÉM: [COMENTE] Para você, o que tem dado errado no planejamento do Corinthians para 2019?

LEIA TAMBÉM: Situação de Boselli divide opiniões nos bastidores do Timão; entenda

5559 visitas - Fonte: ESPN

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Ah! E fazer cobertura total da arquibancada. Assentos devem ser 100% cobertos.

AO IVÉS DE AUMENTAR DIMINUI? NO LUGAR DO TOBOGÃ TEM QUE FECHAR O ARCO DA ARQUIBANCADA, DEIXANDO ARREDONDADO IGUAL O RESTANTE DO ESTÁDIO, ELEVANDO SUA CAPACIDADE.

Paulo Moreira     

O toboga devia ser tombado pelo patrimonio historico e n devia demolir

Se for bom para todos ,concordo

Sebastiao Godoi     

Vai acabar o estádio mais charmoso dá capital se o Corinthians jogando lá não estaria nessa merda que hoje vê o flamerda está pensando em construir arena

Dan Carvalho     

Porquê! O Corinthians está pensando em Pacaembu. Já teve a oportunidade e não quis. Agora e aguentar zoacões!!!!

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias

Próximo Jogo - Brasileiro

Qua - 21:30 - Serra Dourada (GO) - Globo,Premiere
Goiás
Corinthians

Último jogo - Brasileirão

Dom - 18:00 - Morumbi
São Paulo
1 0
Corinthians
Untitled Document
Classificação
1 Flamengo
2 Palmeiras
3 Santos
4 Corinthians
5 São Paulo
6 Grêmio
7 Internacional
8 Bahia
9 Goiás
10 Atletico Paranaense
11 Atletico-MG
12 Vasco DA Gama
13 Botafogo
14 Fluminense
15 Fortaleza EC
16 Ceará
17 CSA
18 Cruzeiro
19 Avai
20 Chapecoense-sc
P J V E D GP GC SG ÚLT. JOGOS
58 25 18 4 3 53 21 32 VEVVV
50 25 14 8 3 40 20 20 VEEDV
48 25 14 6 5 36 23 13 EVVVE
43 25 11 10 4 27 16 11 VVEED
43 25 11 10 4 26 16 10 DEVEV
41 25 11 8 6 43 27 16 VDEVV
39 25 11 6 8 29 23 6 DEEDE
38 25 10 8 7 28 22 6 VVDED
36 25 11 3 11 25 35 -10 VVVDV
35 25 10 5 10 35 27 8 VEVED
31 25 9 4 12 30 35 -5 VDEDD
31 25 8 7 10 22 30 -8 DVDEV
30 25 9 3 13 22 27 -5 DDDVD
29 25 8 5 12 27 34 -7 EVVEV
28 25 8 4 13 27 34 -7 DVDVD
26 25 7 5 13 24 26 -2 EDDDV
25 25 6 7 12 15 35 -20 DDVVD
22 25 4 10 11 19 33 -14 EDEEE
17 25 3 8 14 13 37 -24 DDDED
16 25 3 7 15 19 39 -20 EDDDE
Libertadores Pré-Libertadores Sul-Americana Rebaixados
vitoria empate derrota