11/2/2019 11:54

Corinthians já entra no clima para encarar seu maior desafio

O Corinthians só fez sete jogos oficiais na temporada, ainda busca seu time e formação ideais, com alguns jogadores contratados para a temporada que sequer estrearam pelo clube. Assim, o Timão terá pela frente o Racing na quinta-feira, pela primeira fase da Copa Sul-Americana. Os argentinos são líderes locais e estão muito perto de um dos títulos mais importantes de sua história.



Está claro que o confronto eliminatório será o maior teste para o time de Fábio Carille nesse momento. A responsabilidade de fazer o primeiro jogo em casa é dos paulistas. O técnico corintiano reconhece o peso da partida e só agora começará a pensar em uma escalação especial.



“Não projetamos nada em relação a quem vai jogar, mas são competições diferentes. O gol fora tem muita importância. Para mim, vai ser o maior desafio do Corinthians esse momento. Um time que está liderando o campeonato argentino, está no segundo turno e parou pouco em dezembro. Para início de trabalho é o maior desafio. Depois o clássico, outro campeonato, no qual temos de pontuar para entrar na zona de classificação. Mas, primeiro pensamos no Racing”, afirmou Carille.

O goleiro Cássio, um dos principais líderes do elenco alvinegro, também não esconde sua preocupação, apesar de externar sua confiança e serenidade para o desafio.

“Jogo difícil, a gente já jogou contra o Racing, o time deles deve estar numa situação de entrosamento bem melhor que a nossa, mas temos de jogar. Todas as competições a gente dá a mesma importância. Temos elenco para brigar por três competições. Temos de nos impor dentro de casa para buscar a classificação na Argentina”.

Vagner Love deve ser titular ao lado de Gustagol na quinta. O camisa 9 ainda não marcou gol desde que foi contratado, mas, aos 34 anos, tem experiência de sobra para falar com propriedade sobre um duelo internacional tão importante.

“Isso faz diferença (o entrosamento do Racing). Temos de jogar, pensar em jogar, pôr a bola no chão, não cair em catimba, não tentar brigar”, avisou.



Corinthians, timão, Carille



Leia também: Com contrato assinado, Bruno Méndez se torna 11º reforço do Timão

Leia também: Love admite que não é fácil jogar ao lado de Gustagol e Boselli

Leia também :Corinthians sofre até o fim, vira sobre o Avenida-RS e se classifica

Leia também :Carille estabelece ajuste mais urgente no Corinthians: "Parar de tomar gol"



1647 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Kleber Vellenev     

Subam urgente o Janderson do sub 20; é veloz, raçudo, habilidoso e quebra qualquer defesa!

Kleber Vellenev     

Retranca e jogo covarde de novo!

Paulo Moreira     

Carille faca igual 2017. Fecha a casinha de a posse da bola ao adversario e com atencao foco e fé o time ganha confianca n levando gols e logo as pecas encaixam.

Esse time ta dano vergonha!!!

Como wagner e boseli si a bola nao chega e culpa do treinador nao ve isso qui vergonha mesmo

E pq carille coloca 3 volante pra joga cader jadson e sornosa ta qui nao coloca pq qui time mais orivel o de omtem tou com vergonha do Corinthians renova com romero si e jogador com cara do timão

So quero saber pra que o Corinthians quer tanto volante

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias