11/1/2017 08:24

Jabá se anima para 2017 e diz que tem a cara do Corinthians

Jabá foi utilizado por Oswaldo de Oliveira em 2016 e agora espera chances com Carille e, provavelmente, Loss (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)


O atacante Léo Jabá demorou, mas ganhou algumas oportunidades com a camisa do Corinthians no final do ano passado, algo que o animou para 2017. Contente pela possibilidade de atuar sob o comando de Fábio Carille e Osmar Loss, provável auxiliar do profissional, o jovem de 18 anos acredita que terá muitas chances de apresentar seu futebol daqui para frente.

Ciente da procura do Timão por atacantes e da chegada de nomes como Kazim e Luidy para funções semelhantes às suas, o atleta das categorias de base acredita ter alguns diferenciais com relação aos concorrentes. Para ele, basta ser o que sempre foi durante sua caminhada nas camadas inferiores do Alvinegro.

“Fazer o que eu sempre fiz na base, que é jogar meu futebol com alegria e com vontade. Isso é a cara do Corinthians: vontade, raça. Esse é meu estilo”, avaliou à Gazeta Esportiva o atleta, que deve ter uma disputa com Lucca, Romero, Marquinhos Gabriel e Marlone, além dos contratados.

Convocado recentemente para a Seleção Brasileira sub-20, que disputará o Sul-Americano da categoria até o começo de fevereiro, no Equador, Jabá não se incomoda com o fato de perder a pré-temporada com os companheiros. Para ele, o fato de ter nomes que conhecem seu futebol e o de outros envolvidos com a Seleção (Léo Santos, Guilherme Arana e Maycon) não lhe trará prejuízo.

“Não será só benefício pra mim o Osmar no profissional, mas sim pra todos que subiram da base ou que estão na base. Isso mostra que temos grandes profissionais dentro de casa”, afirmou o atleta, exaltando o comandante que ficou com o vice da Copinha em 2016, escalando o próprio Jabá no ataque.

Gazeta Esportiva – Léo, você estreou como profissional em 2015, mas só foi fazer uma partida oficial em 2016. A espera te incomodou?

Léo Jabá – Sabia que a oportunidade iria chegar em algum momento e chegou na reta final. Sou grato a Deus por ter realizado esse sonho.

Gazeta Esportiva – O Oswaldo foi quem te deu essa possibilidade, o que achou da saída dele?

Léo Jabá – Agradeço muito a ele e a todos da comissão que conheci e que me ajudaram de alguma forma. Foi uma decisão do clube. Sou funcionário igual ele era.

Gazeta Esportiva – E da efetivação do Fábio Carille?

Léo Jabá – Fico feliz por ele. Trabalha forte e sempre trabalhou por esse cargo. Espero que tenha sucesso e faça um excelente trabalho conosco para conquistarmos títulos.

Gazeta Esportiva – O nome do Osmar Loss é apontado como possível auxiliar do Carille. Você trabalhou com ele na base, acha que pode ser benéfico para você?

Léo Jabá – Não será só benefício pra mim o Osmar no profissional, mas sim pra todos que subiram da base ou que estão na base. Isso mostra que temos grandes profissionais dentro de casa.

Gazeta Esportiva – O clube se desfez de dois nomes para o setor de ataque (Isaac e Rildo) e recebeu proposta pelo Marlone. Acredita que essas saídas podem te dar mais espaço em 2017?

Léo Jabá – Vou trabalhar forte pra conquistar meu espaço e ajudar meus companheiros sempre. Tenho certeza que 2017 será um ano bom pra nós.

Gazeta Esportiva – No profissional, o Corinthians terá pelo menos 11 garotos da sua geração e da que veio logo antes na base. É mais fácil jogar assim?

Léo Jabá – É um número bom. Mostra que temos prata da casa e esperamos ajudar a equipe nos objetivos.

Gazeta Esportiva – O que acredita que tem de fazer para conquistar a torcida?

Léo Jabá – Fazer o que eu sempre fiz na base, que é jogar meu futebol com alegria e com vontade. Isso é a cara do Corinthians: vontade, raça. Esse é meu estilo.

Gazeta Esportiva – Sem vaga na Libertadores, o que dá para prometer para a Fiel?

Léo Jabá – Vamos lutar por todos os torneios que vamos disputar!

5004 visitas - Fonte: Gazeta Esportiva

Mais notícias do Corinthians

Notícias de contratações do Timão
Notícias mais lidas

Léo jabá e Carlinhos juntos entrando
no segundo tempo vaiiiii ser gol
atraz de Gol....sobe o Pedrinho também para ele pegar experiência profissional e coloca ele aos poucos para ele pegar confiança são jogadores de futuro... seleção brasileira profissional... saravá são Jorge faça multa alta porque eles vão brilhar esse Ano vaiiii por mim.
usem a tática com eles e façam o time jogar com ritmo toques rápidos lançamento com kazim para os atacantes uze bem as peças karille impõem o esquema do tite de 2015 sem medo você será muito feliz na vida seguimos sempre o que é bom e vitorioso...vaiiiii Corinthians.

Paulo Silva     

tem que dar oportunidade para os garotos todos clubes que dão estão se dando bem só nos que não tem que por ao invés de ficar contratando errado

opa ai boto fe..

Sergio Souza     

esse jabaa merece jogar noprofissional junto com o Carlinhos. eles honram o manto sagrado

Zezinho Alves     

esse é bom

Enviar Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui ou Conecte com Facebook.

Últimas notícias